O que faz um bom site? (By SEO YOAST)

O que faz um bom site? (By SEO YOAST)



O que faz um bom website?

As pessoas costumam pedir para explicar o que faz um bom site? Não existe uma resposta fácil e única para isso. Como em muitas coisas, a resposta será: depende. Que tipo de site você tem, quem você segmenta? O que você quer alcançar? Independentemente disso, neste post, listarei uma série de elementos que ajudam cada site a se tornar um bom site e um melhor resultado de pesquisa.

Elementos de um bom site

É difícil quantificar muitas coisas que consideramos importantes para um bom site. Muito se fala em SEO sobre qualidade, por exemplo. Até o Google diz há anos que você deve se concentrar na qualidade do seu site e do seu conteúdo. Após cada atualização algorítmica do Google, a resposta para aqueles que perderam as classificações é a mesma: pode não ser sua culpa, porque outros sites parecem ser mais adequados para essa consulta específica. No entanto, você deve trabalhar na qualidade geral de sua conteúdo .

As pessoas recorrem às Diretrizes dos Avaliadores de Qualidade de Pesquisa para obter informações sobre como fazer isso, procurando qualquer orientação. Você não deve aceitar tudo o que o Google diz como evangelho, mas, neste caso, eles estão certos; você deve melhorar seu conteúdo – sempre! Sempre observe a intenção do usuário e o comportamento de seus clientes em potencial. Você deve refazer periodicamente sua pesquisa de palavras-chave. Verifique seu nicho, o que está acontecendo no seu mundo?

Ao avaliar continuamente sua estratégia de SEO, você controla as mudanças de mercado e encontra novas oportunidades.

Seu site atende à intenção do usuário e tem uma meta clara?

Você conhece o seu público? Você conhece o seu negócio e com o que contribui para este mundo? Por que alguém deveria vir ao seu site e fazer negócios com você? Não é apenas porque você acha que tem um produto incrível – que simplesmente não voa mais. “Construa e eles virão?” Não, acho que não.

Se você deseja ter sucesso, precisa conhecer seu público. Você tem que descobrir tudo sobre eles. Você provavelmente pode descobrir o que eles dizem que querem, mas é o mesmo que eles realmente precisam? Seu produto ou serviço simplesmente oferece uma solução para um problema ou torna a vida do seu cliente genuinamente melhor? Você vende uma broca ou um buraco na parede?

Sua história tem que estar certa. Tem que se alinhar com o que as pessoas querem e precisam. Isso significa que você deve definir a intenção de pesquisa no seu site. Descubra todas as maneiras diferentes de como as pessoas podem aparecer nas suas páginas e adapte-as para responder às perguntas deles.

Mapeie a jornada dos usuários de A a Z e coloque seu conteúdo em pontos estratégicos. Também fique de olho na maneira como você formula suas respostas – na maioria das vezes, um estilo de conversa será o que você está procurando.

Seu site tem talento técnico?

Um bom site é facilmente rastreável e mostra aos mecanismos de pesquisa o que eles podem ou não indexar. Bons sites não têm uma quantidade enorme de erros. Um bom site carrega super rápido, de qualquer lugar do mundo. Certifique-se de fazer todo o possível para carregar essas páginas o mais rápido possível.

O SEO técnico é incrivelmente importante, mas você pode ficar à frente da curva, acertando o básico. Pense cuidadosamente em qual CMS você está procurando e como executá-lo. Escolha uma empresa de hospedagem respeitável – uma que seja flexível e útil.  O WordPress é bastante favorável ao SEO, mas com um pouco de ajuda do Yoast SEO, você obtém seu SEO no WordPress rapidamente .

Seu site é confiável, seguro e protegido?

Os mecanismos de pesquisa e os usuários estão procurando sinais que significam confiança. Por que seu site ou seu conteúdo deve ser confiável? O tempo de inatividade regular pode indicar manutenção incorreta. Um ícone de cadeado verde ausente pode significar que você não leva a segurança a sério. Existem muitas pequenas dicas que eles procuram.

Mecanismos de pesquisa como o Google querem oferecer aos pesquisadores o melhor resultado possível. Cada vez mais, se um mecanismo de pesquisa duvidar das reivindicações feitas ou se você usar ‘especialistas’ modestos para validar seu conteúdo, eles não mostrarão seu conteúdo. Eles escolherão um resultado que provou ser um melhor resultado. É por isso que você precisa trabalhar com a sua confiabilidade em todos os níveis, tanto técnicos quanto de conteúdo.

Além disso, seu site deve ser um refúgio seguro para os visitantes. Você precisa ter sua segurança em ordem. Um site invadido não o levará a lugar nenhum! E um site invadido é mais fácil de prevenir do que consertar.

Use software atualizado, tenha seu SSL em ordem, crie senhas fortes, use ferramentas como o Cloudflare para proteger seu site contra ataques DDoS, etc.

Seu site tem um ótimo design e UX brilhante?

Seu site precisa ser bonito! A beleza está nos olhos de quem vê. O design do seu site precisa ajudar a cumprir as metas definidas. Sua mensagem deve aparecer alta e clara. O design deve estar na marca e bem pensado. Mais importante, porém, seu site deve ser claro e fácil de usar para todos. Acessibilidade não é algo que você deve economizar.

A experiência do usuário não é apenas a aparência, mas também a sensação.

Trata-se de proporcionar aos usuários uma experiência alegre, algo que eles possam se lembrar. O UX também não permite que o usuário espere muito tempo para que suas páginas sejam carregadas, deixando-as frustradas porque não conseguem ler o texto em seu site graças ao seu esquema de cores ou não podem pressionar os botões em seu site para celular.

E um usuário feliz pode ter uma intenção maior de tornar-se um comprador, portanto, dê atenção!

Seu site tem um conteúdo incrível e centrado no usuário?

Centrado no usuário, não centralizado na empresa. Um bom conteúdo ajuda seus usuários a atingir suas metas e você oferece esse conteúdo exatamente no momento certo, mantendo as metas de negócios bem à vista. Para poder fazer isso, você precisa conhecer o usuário de dentro para fora, como mencionei anteriormente. Entenda-os, entenda o comportamento deles e concentre seu conteúdo nisso. O conteúdo que você oferece deve ser claro e fácil de entender, usando a mesma linguagem que os usuários conhecem bem. Tente trazer algo único. Pesquise e apresente relatórios originais.

Seu site é compatível com dispositivos móveis (ou melhor, foi desenvolvido para dispositivos móveis primeiro?)

2019 é o ano do tráfego móvel blá blá blá, sabemos a importância. Se o seu site não é compatível com dispositivos móveis até agora, bem, você deve fazê-lo, então acesse-o. Mas se o seu site for compatível com dispositivos móveis por um tempo, é hora de começar a analisar a reconstrução do seu próximo site.

Não é um conceito novo, nem nada, mas a maioria dos sites ainda está sendo desenvolvida em computadores primeiro. Depois de projetar a visualização da área de trabalho, o designer reduziu-a ao tamanho do celular, perdendo frequentemente sua autenticidade e frescor ao longo do caminho. A adoção de uma mentalidade móvel primeiro ajuda você a se concentrar nas tarefas que os usuários devem poder realizar no seu site móvel. Ajuda a limpar a bagunça e, na maioria das vezes, permite criar um design mínimo e totalmente focado. Menos é mais, lembra?

Seu site pode “conversar” diretamente com os mecanismos de pesquisa
durante anos, os mecanismos de pesquisa tentaram ler o conteúdo das páginas para determinar do que se trata essa página. Eles precisam desse conteúdo para poder corresponder à consulta de pesquisa com as páginas indexadas que fornecem as melhores respostas. Acontece que realmente entender o que tem em uma página  ou significa, é mais difícil do que parece, especialmente para máquinas. Os mecanismos de pesquisa precisam de um pouco de orientação para descobrir o verdadeiro significado dos elementos em uma página. Insira dados estruturados no formato “schema” .

O schema é como um tradutor para os mecanismos de pesquisa. Ele descreve elementos em uma página, para que os mecanismos de pesquisa agora possam dizer com certeza que uma revisão é uma revisão e uma receita é uma receita. Em troca, como o Google tem tanta certeza sobre o conteúdo, marcar esses elementos pode levar a resultados ricos nas páginas de resultados de pesquisa. Isso inclui carrosséis, informações nutricionais para receitas, classificações por estrelas, listas suspensas de perguntas frequentes, caixas de instruções deslizáveis no celular e muito, muito mais. Os dados estruturados são uma das áreas em que os mecanismos de pesquisa gastam muitos recursos atualmente, portanto, preste atenção.

Percebemos isso e construímos uma estrutura de schema completa e totalmente extensível no Yoast SEO . Essa implementação de dados estruturados cria um gráfico completo para o seu site, para que os mecanismos de pesquisa não apenas saibam o que tudo significa, mas também como tudo está conectado à visão geral.

Então, o que faz um bom site?

Há muito o que pensar e fazer na construção de um bom site. Não é simplesmente comprar um domínio, obter um host aleatório, instalar o WordPress e escolher um tema que seja legal. Isso está preparado para o fracasso. Você precisa planejar as coisas certas. Você precisa de uma estratégia – talvez esse seja o elemento mais importante de um bom site.

Esses são alguns dos elementos mais importantes nos quais você deve se concentrar durante o desenvolvimento da melhoria do site. Esta não é uma lista exaustiva, por isso gostaria de lhe perguntar: Qual é o seu ponto número um para criar um bom site?

////

Não leia A Revolta de Atlas de Ayn Rand



Não Leia A Revolta de Atlas de Ayn Rand

Obra que nos faz refletir sobre como estamos nos organizando e de quebra nos faz pensar qual a nossa missão de vida.

Nós indivíduos que co-habitam o mesmo espaço urbano “civilizado” sabemos que somos hoje governados sobre dinâmicas de poder e controle, entretanto esse assunto ainda não é comum nas empresas, nas mesas de bar, ou nas famílias e obviamente, não acredito que veremos qualquer matéria sobre o assunto em mídias de grande massa ou circulação falando abertamente sobre o tema. Entretanto, é de uma importância extrema para quem busca saber onde está pisando, com quem anda falando e armazenando seus recursos monetárias e intelectuais por onde perpassa a sua fadada existência, sim se não abrirmos os olhos a coisa fica PRETA literalmente.

Analisando modestamente e sem gastar horas do meu dia em função dessa análise podemos perceber claramente uma divisão, uma sombra, uma película que sempre cobre o assunto. Tal como um mágico que antes de mostrar a magia envolve o seu espectador de mil e uma formas para que o que pareça fazer é fora deste mundo. Pertence a uma instância superior e divina, bom nesta pequena análise conseguimos fazer o link sobre porque política e religião foram “irmãzinhas serelepes” durante muitos milênios, cada uma com seus motivos.

Dividir é a regra quando o assunto é poder e controle, então para poder adentrar nesse lindo universo também teremos que dividir em duas camadas o assunto, na primeira camada, a mais superficial, temos os termos desgastados e conhecidos ditos a tanto tempo e a rodo que de uma forma ou de outra, parecemos ter uma interpretação, homogênea e tantas vezes traiçoeira e infantil, não nos dando trabalho de pensar ou refletir, introjetamos tal expressão ou palavra como um viciado em heroína toma a sua dose diariamente sem preocupar-se com o amanhã, afinal sua vontade é imediata.

Alguns termos como “cidadão”, “sociedade”, “responsabilidade do governo”, “incetivos governamentais”, “pactos de recuperação”, “ajudas”, “bolsas”, “financiamento público”, “imposto”, e uma série enorme de outros “palavrões” que permeiam nossos olhos e ouvidos diariamente. Perpassam nossas mentes sem ao menos darmos algum espaço para o seu significado real e a sua importância em nossa alma e mente.

As matérias da mídia tradicional, TVs, rádios e principalmente os jornais, acabam minando ainda mais a falta de interpretação e análise desses termos deixando nós como espectadores imbecis com os controles que estamos submetidos. Os pensamentos convulsivos, marcados, e repetidos sincronicamente de matéria em matéria, acabam por derrubar com a tentativa mais básica de raciocínio ou interpretação, são vazias de intelecto mas forte de emoção, convencendo-nos moralmente para cima ou para baixo.

 

Com uma prática conhecida em todos os regimes de poder, totalitários ou DEMOcráticos, é sempre preciso dividir os polos, aparentemente, opostos nas discussões, vulgarmente as chamando de esquerda ou direita do poder, acredito que nem esses termos deveriam corresponder ao que correspondem comummente hoje mas esse é um outro tema.

Quero enfatizar aqui que o pano de fundo é sempre o mesmo tanto faz que chamemos pauta de esquerda ou direita. Exemplificando, temos na esquerda a maior parte das vezes, as lutas de classe, de gêneros, cores, raças, renda, entre outras e pelo lado da direita temos políticas de proteção, conservadorismo de costumes, defesa da pátria nacional entre outros.

Ambas as linhas possuem um ponto em comum, a busca do poder pelo poder, defendo essa tese pois ela é dedutiva à partir do ponto que saibamos interpretar que todo o recurso recebido por uma troca VOLUNTÁRIA possui uma correspondência de igual teor ou superior ao recurso PAGO primariamente. Ou seja, indivíduos pagam a outros indivíduos aguardando que sejam correspondidos com os livres acordos que propuseram.

Entretanto…

Cabe aqui uma pausa para respiração!

Voltando…

Para que possamos entender que quando temos um grupo de indivíduos protegidos por armas, leis, togas e ternos de linho, aos quais esses criaram ao seu bel prazer leis, armas de destruição em massa, e foguetes de destruição de cidades, usando de cortinas e jargões de poder e manipulação, para que fossem obedecidas pela maioria (democraticamente), temos sim um governo totalitário! Sim, o totalitarismo da maioria!

No Brasil, terra da onde consigo absorver meu sustento e trocas voluntárias, e que por algumas horas mantenho meu corpo laborando em atividades produtivas para que mais empresas e pessoas possam usufruir de minhas habilidades egoisticamente adquiridas com meu empenho e esforço genuíno.

E temos aqui uma regra primária, aquele que não governa o seu próprio pensamento, será sempre governado, por quem pensa a seu respeito e a sua forma de ver e seguir a vida, será a mesma dessa maioria que lhe estabelece regras as quais você não a consenti-o. Por isso a maior liberdade defendida sempre é a liberdade do seu próprio pensamento, a voz da sua alma, a sua imaginação criativa e livre que poderá ser ouvida por todos os cantos do mundo.

 

Aquele que não concordo com a maioria precisa coercitivamente concordar, não temos escolhas livres nas chamadas democracias, o que é sua propriedade na verdade é uma pequena parte e a outra é do poder. E esses o utilizam de cortinas, enfeites e trocadilhos para lhe dizer que a possa do seu próprio bem, é melhor que fique em suas mãos, não nas suas.

Alguns itens que precisamos SEMPRE pensar ao ouvirmos:

  • BEM PÚBLICO
  • INVESTIMENTO PÚBLICO
  • “QUALQUER COISA” PÚBLICO
  • “QUALQUER COISA” DE GRAÇA
  • PARA O BEM DA NAÇÃO
  • A VOZ DO POVO / PARA O POVO

Quem responde? Quem paga? Por quanto tempo? A que regras estamos submetidos? Quando se encerra?

É importante destacar que não interessa quem esteja seguindo o plano economico liberal, conservador, progressista, ou outro. O teatro do poder é o mesmo, as alianças continuam sendo costuradas sem a moralidade do indivíduo, com base em bens que eles não produzirem em que não houve esforço para que o fosse erguido e mantido.

O homem que produz algo de valor a alguém não deveria nunca temer a sua própria sorte, o homem que não produz nada de valor fica à mercê das esmolas alheias. Agora aquele que não produz e manipula coercitivamente através das tais “dinâmicas democráticas” o poder só pode existir pois acreditamos que estes são reais, e alguns são os detentores de leis e moralidade. Vamos pensar e evoluir.

O poder não por si mesmo mal, pois o único poder perpetuado por séculos e séculos é o poder de boas ideias, de ideias de amor e fraternidade as ideias que sustentam famílias, empresas, seguindo nós mesmos de bom grado regras e obrigações, tal como em um shopping que você frequenta.

A mão que rouba, não lhe defenderá o dia que parar de alimentá-la.

Quero aqui exprimir o pensamento de que a vingança, os conchavos e a falta de liberdade de expressão e opinião dos indivíduos de moral fraca é o solo fértil para que populistas de plantão operam suas mentes seja qual for o seu ponto de vista e em qualquer época, defenda-se do maior ataque ao espírito humano, o PENSAMENTO EM MASSA.

Quando tornastes por Deus criativo, inovador, ousado, e dotado da palavra é porque podes usá-la ao seu bel prazer, crie suas obras, venda-as e não deixe que nunca uma mão fria e gélida que nunca ousou criar nada se aposse de suas criações.

Artistas, inovadores, empreendedores, se somos nós que os alimentamos, somos nós que podemos deixá-los morrer de fome.


////

× Fale conosco no WhatsApp!